quarta-feira, 18 de agosto de 2010

aos pedaços.

Você já teve um alguém, desses que você pensa: I could stay with you forever and never realise the time? Então você sabe do que eu to falando. Eu tive um desses.
E foi cheio de idas e vindas, como deveria ser. Primeiro era tempo demais junto e a consequente sensação de sufocamento apareceu. Depois o medo de que a futura distância estragasse tudo, causou precipitações. Aí eu pensava que estava tudo bem e veio a sua inquietante vontade de aproveitar a vida e a juventude de outras formas.
Então eu percebi que eu sem você não tenho porquê, porque sem você não sei nem chorar. A distância deixou de ser um problema, o tempo compartilhado se tornou algo agradável. E eu me vi vivendo uma das melhores experiências da vida, a de compartilhá-la com alguém, de forma incrível.
De alguma forma fomos perdendo as partes disso. Talvez no final de cada copo de água que eu nunca termino, ou nas caronas forçadas porque mesmo depois de dois anos de carta, eu ainda não tenho coragem de pegar o carro, na falta de gel meu no cabelo, ou na sua blusa de gola alta, quem sabe? E começo a sentir que the thrill is gone, I can see it in your eyes.
Mas ao mesmo tempo eu imagino que as coisas não podem ter sido tão superficiais assim. E penso em convidá-lo para assistir ao pôr do Sol comigo, afinal a vista da minha janela é bem bonita. E sim, eu admito que, I’m old fashioned but I don’t mind it, that’s how I wanna be.
Eu ando pelos nossos velhos caminhos agora tentando juntar os pedaços que caíram, para tentar remontar o nosso quebra-cabeça. Mas e você, o que pretende fazer agora?
Só tenho mais uma coisa a dizer, a de sempre, it had to be you.

__________________________________________________________
Citações Musicais:
Não são necessariamente os compositores, mas os interpretes escolhidos.

You’re gonna make me lonessone when you go – Madeleine Peyroux
Samba em Prelúdio – Esperanza Spalding
The Thrill is Gone – Chet Baker
I’m old fashioned – Chet Baker
It had to be you – Lisa Ekdahl

Um comentário:

alvarezdewizqe disse...

"Primeiro era tempo demais junto e a consequente sensação de sufocamento apareceu", bem isso. Comigo sempre acontece.