quinta-feira, 19 de maio de 2011

seu.

É incessante a vontade de você.
Sinto dor nos músculos do rosto, pois meu sorriso é incontrolável agora. Está constantemente presente, e mostra para quem quiser ver, o quão bem você me faz.
Tenho gravada em minha retina a imagem perfeita do seu sorriso, tão contagiante..., e seus olhos, que me dizem sinceramente o quanto as coisas mexem com você.
Nos meus ouvidos tenho a sua voz, cantando as mesmas frases, dizendo as mesmas palavras, ou só rindo, e me enlouquecendo com seus gemidos altos e fortes.
A suavidade e o calor da sua pele estão espalhados por todos os pedaços do meu corpo, que reage involuntariamente a cada lembrança.
Sua boca passeia pela minha pele e demarca território na minha, que não tem mais outras vontades, só a de continuar te sentindo.
Concluo sem mais forças.
Quero mais.

3 comentários:

Rafael disse...

Acostuma-se a um novo modo de se acostumar sem entendê-lo.

Isadora disse...

que lindo :)

e adorei a sua descrição. também faço mil coisas como você.

Gabriel Castro disse...

lindo, adorei.
http://estadoimponente.blogspot.com